Buscar
  • Vanessa Rozan

Maquiagem: social ou artística?

Entre o que está certo e o que está errado, o que eu gosto e o que eu não gosto, nos falta determinar categorias mais claras para entender onde cada trabalho faz sentido.


Faz tempo que tenho essa discussão entre amigos e colegas de profissão: o que faz uma maquiagem bonita? Tive diversas experiencias entre maquiagem social e maquiagem de moda e sempre entendi que alguns requisitos são fundamentais para o sucesso nesses dois universos.

Para moda, certamente é a capacidade de mostrar algo novo, de concisão de ideias, de construir uma mensagem clara daquilo que a marca quer mostrar, usa-se de muita semiótica pra isso: sobrancelhas são elementos de força, cílios de feminilidade, esfumado dá leveza, marcado dá peso e por aí você vai construindo esse personagem que em cinco segundos entra e sai daquele corredor iluminado. Aqui o elemento surpresa é bem vindo, assim como o estranhamento, o drama, o surreal, o imaginário, o novo, o inesperado e até mesmo o óbvio e o nada.

Para social é fácil, os eventos sociais desde sempre servem para que uma pessoa se "coloque" na sociedade, se apresente à sociedade da maneira que quer ser vista, que quer ser reconhecida.

Nesse caso a gente toma muito o que acontece no tapete do Oscar como referencia. As atrizes/atores não estão interpretando outras personagens, elas/eles apenas estão se apresentando como elas/eles mesmos para a sociedade, só que em suas melhores versões, da roupa linda ao penteado e a maquiagem, tudo é pensando para enaltecer a beleza desses humanos.


Maquiagens sociais do Oscar de 2018

Maquiagem social é isso: você na sua melhor versão se colocando para a sociedade. tudo caminha nesse sentido, você pensa numa roupa que te faz sentir bonita/bonito e arruma seu cabelo, se PLIM, maquiagem para realçar suas características. Eu detesto usar de contos de fadas, mas maquiagem social é como aquele trecho da Cinderela que a fada madrinha dá os artifícios que a gata borralheira precisa para se apresentar para a sociedade no baile: de acordo com as vestimentas e códigos do lugar, da época, da classe social.

Tá, Vanessa, mas e a maquiagem artística?

Maquiagem Artística é a forma mais primitiva de uso de maquiagem que existe. Ela já foi usada para dar poderes para guerreiros, para transformar reis e rainhas em deuses, para dar vida à personagens, para construir alter egos, para nos fazer escapar da nossa própria pessoa, para trazer a tona qualquer outra faceta de nos mesmos que queremos mostrar que não a nossa versão social.


Maquiagem artística do Met Gala.

Maquiagem artística pode ser Drag, pode ser do tapete do Met Gala, pode ser pintura corporal, pode ser no teatro, cinema, pode existir em qualquer momento que você necessite de técnicas avançadas para ser outra pessoa, para montar um personagem e se divertir com isso, para incorporar outra faceta do seu eu "social".


Por isso, não dá para comparar maquiagem artística com maquiagem social. Não existe uma melhor que a outra, apenas técnicas e resultados para situações bem distintas.

Agora, se você precisa montar um personagem para eventos sociais e isso não é seu trabalho, acho importante deixar uma reflexão aqui para entender os porques dessa transformação tão dramática, diz ai o que te faz ser outro-eu?


3,733 visualizações

Liceu de Maquiagem e Cabelo LTDA ME. CNPJ 10.671.185/0001-10

Rua Tinhorão, 102 - São Paulo - Tel.: 11 30830500 - email: contato@liceudemaquiagem.com.br

nossos cursos são presenciais e acontecem na data contratada, podendo ser remarcados com aviso prévio.