Buscar
  • Vanessa Rozan

Como ter colágeno vivendo no Brasil de 2020?

reflexões de beleza de uma blogueirinha cansada


Bom dia brasil, boa tarde Itália,

Me diz um brasileiro que acorda, toma seu café, lê as notícias e consegue manter alguma esperança?



Tem essa expressão no grupo de whatsapp das amigas que é "eu não tenho colágeno pra isso". Basicamente diz sobre não ter tempo, grana, vontade ou paciência para se dedicar a algo ou alguém.


Você que tá me lendo já deve ter uma lista mental das coisas que você não tem colágeno mais pra fazer. Eu, por exemplo, não tenho mais colágeno pra racista, pra homofóbico, pra machista, pra cobrança de banco, pra falsidade, pra boy lixo, pra imposto de renda, pra desigualdade social, pra injustiça. Como cada um dentro da sua bolha tem uma lista de coisas que não tem mais colágeno pra fazer, certamente a sua lista deve incluir muitos desses itens acima e mais. Sem querer copiar a musa Blogueira do Fim do Mundo, eu to aqui hoje pra falar sobre como manter o mínimo de autocuidado e autoestima nesse ano, dentro de tudo que estamos imersos, dentro do possível de cada um.


1. Vai passar.

Eu sei, eu sei que essa frase dá até certa raiva. Mas é a verdade verdadeira, o maior ensinamento que a tia tem pra vocês é esse. Isso vai passar e não, não vai sempre assim. As coisas estão se transformando rapidamente e o melhor a fazer é não se apegar a nenhuma certeza. Viva um dia de cada vez e saiba: isso também vai passar.




2. Quando estiver pra baixo, só tem um lugar pra ir.

Esse lugar é para cima, amore. Lave o rosto, passe um batom, respire fundo, faça uma massagem facial, coma um doce, grite na janela ou todas as opções anteriores na ordem que for mais conveniente.




3. Separe cinco minutos.

No cronômetro. Sério, já parou pra observar cinco minutos passarem? É muito tempo. Bota cinco minutos no cronômetro, se olha no espelho e vai, faz aquela máscara facial, aplica um hidratante diferente, testa uma técnica de massagem facial, senta e faz uma respiração, muda o formato das unhas, estica a língua pra fora, faz uma careta, diz pra você mesmx que é lindx, é foda, é maravilhosx, tranque a porta, o mundo vai ter que esperar seus cinco minutos, deixa tudo de lado.




4. Caiu, levanta.

Não lavou o rosto antes de dormir? Não teve ânimo pra pintar as unhas? Deu almoço pra criança às duas da tarde? Tá com mesma roupa desde ontem? T-U-D-O B-E-M. Se sentir pior com o que não fez não vai ajudar em nada. É só tempo e colágeno desperdiçados em culpa desnecessária. Lembra da dica número um: vai passar. É hora de administrar seu colágeno, não gaste com bobagem. Se precisar ficar um dia todo se arrastando de pijama ou sem render nada, paciência, o capitalismo vai ter que entender que hoje você não produziu.



5. Administre seu colágeno.

Melhor não ler notícia hoje? Não leia. Não viu todas as séries que queria? Tudo bem. Perdeu a live incrível? Acontece. Não leu os livros que imaginou? Tem uma vida toda pra isso. Não se abale pelo que imaginou que faria e não fez. Defenda sua sanidade e seu colágeno com unhas e dentes. Aliás evite autoflagelo e deixe de seguir contas e pessoas que te fazem sentir mau em qualquer grau. A gente tem que dedicar a vida a rir de memes e sortear qual o boleto vai ser comtemplado neste mes e não sofrer mais porque fulana tá malhando ou porque você quer comprar tal coisa e não pode. Unfollow já. Seu colágeno vale mais.



É isso amores, compartilhem comigo quais são suas dicas pra manter o colágeno em 2020 e compartilhem esse texto com as amigues, se gostaram. E lembrem-se: vai passar.

beijos

Vanessa


106 visualizações

Liceu de Maquiagem e Cabelo LTDA ME. CNPJ 10.671.185/0001-10

Rua Tinhorão, 102 - São Paulo - Tel.: 11 30830500 - email: contato@liceudemaquiagem.com.br

nossos cursos são presenciais e acontecem na data contratada, podendo ser remarcados com aviso prévio.